25/03/2021

Entidades empresariais doam aparelhos de ultrassom de última geração para o HRO

Unidade hospitalar sobe de nível em termos de assistência médica

O Hospital Regional do Oeste (HRO) recebeu dois aparelhos de ultrassom portáteis, no valor de R$ 381,3 mil, doados pela Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC) por meio da campanha SOS Chapecó e Região promovida para levantar recursos emergenciais de enfrentamento da covid-19. A iniciativa solidária é coordenada pelo Centro Empresarial Chapecó (CEC) com a participação das 16 entidades filiadas, entre elas a ACIC.

Intensivista e coordenador da UTI Covid no HRO, o médico Renan Goulart Finger festejou a chegada dos equipamentos. “A gente está passando por dias tão difíceis que quando chega uma notícia como essa tem que agradecer. A felicidade que vocês nos deram hoje é muito grande. Gostaria de agradecer muito ao Comitê, à ACIC e associações porque vocês fizeram Chapecó subir de nível em termos de assistência médica”, disse em áudio enviado ao presidente da ACIC, Nelson Akimoto.

O presidente da Associação Lenoir Vargas Ferreira (ALVF), Reinaldo Fernandes Lopes, e o vice presidente da instituição, Celso Edmar Grando Coletti, também agradeceram Akimoto e toda equipe envolvida na campanha SOS Chapecó e Região pela doação ofertada ao HRO. “A participação da comunidade, representada na classe empresarial pelo Centro Empresarial Chapecó (CEC) e associadas, especialmente à ACIC, fez a diferença na manutenção do atendimento privilegiado que pode ser oferecido aos chapecoenses e oestinos pelos hospitais administrados pela ALVF”, destacaram. Além do HRO, a ALVF também administra o Hospital da Criança e o Hospital Nossa Senhora da Saúde, de Coronel Freitas.

A compra desses dois aparelhos de ultrassom vai fazer muita diferença não apenas nos pacientes com covid-19, como também no pós-covid, com impacto extremamente positivo na melhora da assistência hospitalar e nos fluxos de internação no Hospital Regional do Oeste. Trata-se de equipamento que não vai ser usado só por médicos, mas por equipe multidisciplinar porque os aparelhos têm múltiplas funcionalidades.

São aparelhos resistentes que podem suportar quedas, operar em temperaturas extremas durante condições extenuantes e desenvolvidos por médicos que precisam de ultrassom “point-of-care” com resultados consistentemente precisos. Se destacam pela portabilidade, durabilidade, confiabilidade e facilidade de uso, de acordo com a fabricante Sonosite.